FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO ESTADO DA BAHIA

Notícias

COMISSÃO DE REGISTRO SINDICAL DO COMÉRCIO DA CNC REÚNE-SE EM SALVADOR

Comércio
15 de maio de 2021

Em reunião presidida por Carlos Fernando Amaral, a comissão confederativa deu sinal verde para a filiação de novos sindicatos à Fecomércio-BA

No dia 5 de julho, a Comissão de Enquadramento e Registro Sindical do Comércio da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) realizou reunião ordinária na Casa do Comércio, em homenagem ao ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, que preside a Comissão. Por unanimidade, o grupo que analisa pedidos de registro e adesão ao sistema sindical do comércio deu um aval importante para a ampliação da base sindical da Fecomércio-BA ao flexibilizar um dos aspectos do processo de filiação.

 A Comissão aprovou a possibilidade de ingresso de sindicatos que possuem atualmente registro sindical plural junto ao MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e que estejam providenciando a alteração da representação para apenas um dos grupos econômicos previstos na CLT – atacado ou varejo.

O presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, comemorou a decisão que diminui a burocracia para a ampliação da base associativa, que é uma das principais diretrizes do seu mandato. “A nossa meta é chegar a 40 sindicatos até 2018, com predomínio de entidades do interior. Assim, tornaremos a representação do comércio ainda mais forte em todo o Estado”, afirmou.  O gerente jurídico da Federação, Nelson Daiha Filho, elogiou o trabalho da CNC. “A burocracia do nosso País dificulta o ingresso das entidades sindicais às federações. A decisão desta Comissão só trará benefícios à representação do comércio”, disse.

 

HOMENAGEM – A ocasião também rendeu homenagens ao ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, que se despediu da presidência da Comissão da CNC, após oito anos no cargo. Considerado pelo grupo “um verdadeiro professor, por seu vasto saber jurídico nas questões sindicais”, Amaral descreveu sua trajetória na CNC, que começou em 1996, dizendo-se muito  honrado pela acolhida que recebeu ao longo desses anos, tanto dos colegas de comissão como pelo corpo jurídico da confederação. A Comissão de Enquadramento e Registro Sindical do Comércio reúne-se mensalmente na sede da CNC, no Rio de Janeiro, e é assessorada pela Divisão Sindical da confederação, liderada por Patrícia Duque. 

Em reunião presidida por Carlos Fernando Amaral, a comissão confederativa deu sinal verde para a filiação de novos sindicatos à Fecomércio-BA

No dia 5 de julho, a Comissão de Enquadramento e Registro Sindical do Comércio da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) realizou reunião ordinária na Casa do Comércio, em homenagem ao ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, que preside a Comissão. Por unanimidade, o grupo que analisa pedidos de registro e adesão ao sistema sindical do comércio deu um aval importante para a ampliação da base sindical da Fecomércio-BA ao flexibilizar um dos aspectos do processo de filiação.

 A Comissão aprovou a possibilidade de ingresso de sindicatos que possuem atualmente registro sindical plural junto ao MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e que estejam providenciando a alteração da representação para apenas um dos grupos econômicos previstos na CLT – atacado ou varejo.

O presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, comemorou a decisão que diminui a burocracia para a ampliação da base associativa, que é uma das principais diretrizes do seu mandato. “A nossa meta é chegar a 40 sindicatos até 2018, com predomínio de entidades do interior. Assim, tornaremos a representação do comércio ainda mais forte em todo o Estado”, afirmou.  O gerente jurídico da Federação, Nelson Daiha Filho, elogiou o trabalho da CNC. “A burocracia do nosso País dificulta o ingresso das entidades sindicais às federações. A decisão desta Comissão só trará benefícios à representação do comércio”, disse.

 

HOMENAGEM – A ocasião também rendeu homenagens ao ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, que se despediu da presidência da Comissão da CNC, após oito anos no cargo. Considerado pelo grupo “um verdadeiro professor, por seu vasto saber jurídico nas questões sindicais”, Amaral descreveu sua trajetória na CNC, que começou em 1996, dizendo-se muito  honrado pela acolhida que recebeu ao longo desses anos, tanto dos colegas de comissão como pelo corpo jurídico da confederação. A Comissão de Enquadramento e Registro Sindical do Comércio reúne-se mensalmente na sede da CNC, no Rio de Janeiro, e é assessorada pela Divisão Sindical da confederação, liderada por Patrícia Duque.